Portal da Prefeitura de São Paulo Prefeitura de São Paulo
Cantora faz apresentações do seu álbum de estreia "Pajubá" (Foto: Nubia Abe)
MÚSICA

Linn da Quebrada faz shows em Casas de Cultura e Centros Culturais

Cantora é um dos destaques da cena musical LGBT e se apresenta entre os dias 24 de janeiro e 10 de fevereiro

Nascida no interior paulista, a artista transexual Linn da Quebrada tornou-se, em pouco tempo, uma referência na cena LGBT brasileira, tanto na música, quanto no cinema. Em 2017, participou como atriz de dois filmes elogiados pelo público e crítica, o documentário “Meu Corpo É Político”, de Alice Riff, e o longa-metragem de ficção “Corpo Elétrico”, de Marcelo Caetano. Como funkeira, lançou seu primeiro álbum “Pajubá” por meio de financiamento coletivo. Pelo trabalho, foi indicada, em 2017, a Artista Revelação pela APCA (Associação Paulista de Críticos de Arte). Entre os dias 24 de janeiro e 10 de fevereiro, a cantora se apresenta em Casas de Cultura e Centros Culturais. O show do dia 25 integra a programação do Aniversário de São Paulo.

Os shows

A luta pelo reconhecimento do funk como movimento cultural e popular brasileiro é uma das marcas do trabalho de Linn da Quebrada. Com produção musical de BadSista, seus shows têm acompanhamento da cantora Jup do Bairro, do percussionista Valentino Valentino e do DJ Pininga. Em suas apresentações performáticas, as canções ganham batidas “afro-funk-Vogue”, ilustradas por danças e projeções audiovisuais.

Por meio da voz da funkeira, o gênero musical passou a ser instrumento de difusão da linguagem de resistência contra a desigualdade social LGBT, do qual a artista é militante. Músicas como “Enviadescer”, “Bixa Preta”, “Mulher”, ”blasFêmea” e “Talento” exploram temas dos mais diversos, entre eles periferia, sexualidade, transfeminismo e racismo, e cumprem o papel de conscientização e representatividade para a quebra de tabus. “Pajubá” é o resultado do empoderamento que questiona a invisibilidade das pessoas trans e aborda, por meio de um discurso de reflexão, como a sociedade determina a identidade de gênero e a orientação sexual.

Por Juliana Pithon

Linn da Quebrada

14 anos Grátis

Local

Dia 3 de fevereiro de 2018 às 19:00
Dia 4 de fevereiro de 2018 às 18:00
Dia 8 de fevereiro de 2018 às 19:00
Dia 10 de fevereiro de 2018 às 19:00
Dia 24 de janeiro de 2018 às 19:00
Dia 25 de janeiro de 2018 às 16:00
Dia 27 de janeiro de 2018 às 17:00

Publicado por

Secretaria Municipal de Cultura
Mais informações