Portal da Prefeitura de São Paulo Prefeitura de São Paulo
Instalação sonora em homenagem aos 100 anos de início de amizade entre Mário de Andrade (foto) e Oswald de Andrade (Foto: Divulgação)
Instalação sonora em homenagem aos 100 anos de início de amizade entre Mário de Andrade (foto) e Oswald de Andrade (Foto: Divulgação)
MÚSICA

Jardim Sonoro faz homenagem à amizade entre Mário e Oswald de Andrade

Músico Livio Tragtenberg cria instalação sonora e literária em dez bibliotecas públicas, dentro do projeto Biblioteca Viva

O novo projeto da Secretaria Municipal de Cultura, o Biblioteca Viva, que tem início em abril, leva uma programação variada a esses espaços, nos fins de semana, e de graça. Neste mês, o músico e compositor Livio Tragtenberg apresenta, em dez unidades, uma instalação sonora em homenagem aos cem anos de início de amizade entre os escritores paulistas modernistas Mário de Andrade e Oswald de Andrade, celebrados em 2017.

Na apresentação, textos dos autores e de outros selecionados para cada dia, são transmitidos por alto-falantes, instalados ao ar livre, criando o ambiente de um jardim sonoro, enquanto Tragtenberg toca clarone, ao vivo, mixando as vozes que fazem a leitura com sua música, lembrando um sarau moderno e interativo.

A instalação sonora e visual procura mostrar a literatura brasileira em diferentes momentos e pronúncias, estabelecendo pontes com a poesia da música popular, o improviso da embolada e temas da atualidade, criando um diálogo dos diferentes registros que fazem parte da tradição cultural brasileira em sua diversidade.

De forma descontraída, o público é convidado a passear em volta da obra e, de acordo com essa interação, também são feitas referências a outros escritores por meio de relatos curtos, crônicas, contos e romances de sua autoria, entre eles Luis Aranha, Mario Quintana, Clarice Lispector, Moacyr Scliar e Luis Fernando Veríssimo. A poesia concreta de Augusto e Haroldo de Campos, Décio Pignatari, Pedro Xisto, Omar Khouri, entre outros, também pode fazer parte da apresentação, além de narrativas espontâneas da tradição oral em diferentes perspectivas: de emboladores a contadores de “causos” de diferentes regiões do país, como Geraldinho Nogueira (Centro), Patativa do Assaré (Nordeste), e de imigrantes, como Juó Bananère (Itália). Autores de produções mais recentes, entre eles Marcelo Ariel, Carla Diacov e Marcelo Sahea, também terão textos lidos na instalação que visa, dessa forma ampla e artística, despertar o interesse do público pela literatura em geral e, assim, fazer uso cada vez maior das bibliotecas públicas.

Por Luiz Quesada

| Biblioteca Pública Lenyra Fraccaroli. Pça Haroldo Daltro, 451, Vila Nova Manchester . Zona Leste. | tel. 2295-2295. Dia 1º/4, 11h
| Biblioteca Pública Gilberto Freyre. R. José Joaquim, 290, Sapopemba. Zona Leste. | tel. 2143-1811. Dia 2/4, 11h
| Biblioteca Pública Ricardo Ramos. Pça do Centenário de Vila Prudente, 25, Vila Prudente. Zona Leste. | tel. 2273-4860. Dia 8/4, 11h
| Biblioteca Infantojuvenil Monteiro Lobato. R. General Jardim, 485, Vila Buarque, Centro. | tel. 3256-4122. Dia 15/4, 11h
| Biblioteca Pública Clarice Lispector. R. Jaricunas, 458, Bairro Siciliano. Zona Oeste. | tel. 3672-1423. Dia 15, 15h
| Biblioteca Pública Narbal Fontes. Av. Conselheiro Moreira de Barros, 170, Santana. Zona Norte. | tel. 2973-4461. Dia 22/4, 15h
| Biblioteca Pública Mário Schenberg. R. Catão, 611, Lapa. Zona Oeste. | tel. 3672-0456. Dia 23, 11h
| Biblioteca Pública Cassiano Ricardo. Av. Celso Garcia, 4.200, Tatuapé. Zona Leste. | tel. 2092-4570. Dia 29/4, 11h
| Biblioteca Pública Arnaldo Magalhães Giácomo. R. Restinga, 136, Tatuapé. Zona Leste. | tel. 2295-0785. Dia 29/4, 15h
| Biblioteca Pública Álvaro Guerra. R. Pedroso de Moraes, 1.919, Pinheiros. Zona Oeste. | tel. 3031-7784. Dia 30/4, 11h.
| Grátis