Portal da Prefeitura de São Paulo Prefeitura de São Paulo
Adaptação teatral da história de Pinocchio encanta crianças e adultos (Foto: Jefferson Pancieri)
TEATRO E CIRCO

Espetáculo “Pinocchio” desperta novos olhares sobre a paternidade

Peça inspirada no clássico literário terá temporada entre os dias 21 de abril e 21 de julho em casas de cultura

A história do boneco de madeira criado por Gepeto, o Pinocchio, escrita em 1881 pelo italiano Carlos Collodi, é um clássico da literatura infantil. Inspirada no romance “As Aventuras de Pinocchio”, A Peste – Cia Urbana de Teatro apresenta o espetáculo “Pinocchio”, em casas de cultura, entre os dias 21 de abril e 21 de julho, integrando o Circuito Municipal de Cultura.

Com direção de Pamela Duncan, a montagem gira em torno da proposta do teatro físico-visual, isto é, as ações dos corpos dos atores vão além do texto e novos recursos tecnológicos são utilizados ressignificando o cenário e o figurino. No momento em que o menino Pinocchio mente e o seu nariz cresce, por exemplo, o artista multimídia Giuliano Scanduzzi projeta um recurso de animação que faz o movimento parecer realidade.

Contudo, a adaptação teatral não foca em Pinocchio como um menino mentiroso, mas na relação entre pai e filho da história. Segundo Duncan, “a mentira faz parte do processo natural da infância, sobretudo das experiências e aprendizados. Já o fato de Gepeto criar um boneco de madeira com o desejo de tê-lo como filho de carne e osso e isso se realizar, dispara muitos gatilhos para reflexão, principalmente pela expectativa de ter criado a criança sem defeitos”, explica.

Ao mostrar que, assim como os filhos, os pais também erram e o perdão mútuo deve representar um sinal de recomeço, a peça conquista não só o público infantil como também o adulto. “Como estamos acostumados com a maternidade nas ficções, a busca pela ancestralidade paterna se torna um elemento surpreendente do espetáculo”, conclui Duncan.

Por Juliana Pithon