Portal da Prefeitura de São Paulo Prefeitura de São Paulo
Estudo em grafite e aquerela utilizado para a exposição (Foto: Divulgação)
EXPOSIÇÕES

Capela do Morumbi recebe instalação inédita de Vanderlei Lopes

Artista realiza site specific “DOMO” para o espaço; abertura acontece dia 11 de novembro

A partir do dia 11 de novembro, a Capela do Morumbi recebe a instalação inédita “DOMO”, realizada pelo Museu da Cidade e o artista plástico Vanderlei Lopes especialmente para o espaço.

Trata-se de um domo ideal de 9 metros de comprimento por 4 metros de diâmetro, projetado para ser construído em barro a partir de elementos baseados em domos emblemáticos, góticos, renascentistas, construídos ao longo da história da humanidade. Dadas as dimensões, além de seu rendilhado, a ideia é referir a um fragmento arquitetônico arcaico, em escala real a preencher o interior da capela.

Os domos são elementos que atribuem solenidade, poder e importância as construções que encimam. Suas relações elementares com as “esferas celestes”, acrescentam dimensões sagradas às imponentes construções humanas. Para a construção dessa obra, 12 faces formam a base de seu poliedro. Elas fazem referência ao ideal de perfeição, aludido pelo numeral 12, associado às diversas formas de estruturação que a vida humana adotou para a organização do tempo e da vida; como as 12 horas do relógio, do dia ou da noite, 12 meses do ano, etc.

O trabalho, realizado através do prêmio ProAC de Artes Visuais, deseja produzir espanto e estranheza ao visitante, ao se deparar com esse fragmento arcaico, precioso e celestial, tombado no chão e embalado pela arquitetura da capela.

O artista
Nascido em Terra Boa – PR, Vanderlei Lopes já realizou diversas exposições, em lugares como o Museu de Arte Moderna do Rio de Janeiro e de São Paulo, Museu de Arte Contemporânea (MAC-USP), Pinacoteca do Estado de São Paulo,  além de outras na Colômbia, Estados Unidos, França e Espanha.

Capela do Morumbi
Uma das unidades do Museu da Cidade de São Paulo da Secretaria Municipal de Cultura, a Capela do Morumbi situa-se em um terreno que pertencia à antiga Fazenda do Morumbi, importante produtora de chá do início do século XIX. Na década de 1940, a Cia. Imobiliária Morumby efetivou o loteamento de suas últimas glebas. Fazia parte deste loteamento a antiga casa-sede da fazenda e, em suas proximidades, uma edificação em ruínas de taipa de pilão. A atual edificação foi construída à maneira de uma capela pelo arquiteto Gregori Warchavchik em 1949 sobre estas ruínas. No final dos anos 1970 foi convertida em espaço para realização de eventos culturais sob a administração da Secretaria Municipal de Cultura e desde 1991 abriga exposições que estabelecem relação de aproximação entre a arte contemporânea e o patrimônio histórico, consolidando-se como espaço para instalações site specific na cidade de São Paulo.

A Capela do Morumbi recebeu 115 projetos desde o início dos anos 1990, quando passou a ser utilizada como espaço artístico sob os cuidados da Secretaria Municipal de Cultura. Entre os artistas que ali realizaram trabalhos destacam-se Carlos Fajardo, Iole de Freitas, Dudi Maia Rosa, Sergio Sister, Carmela Gross, Carlos Vergara, José Resende, Leonilson, Nelson Leirner, Albano Afonso, Sandra Cinto, Daniel Acosta, Carlos Eduardo Uchôa, Wagner Malta Tavares, Ana Paula Oliveira, Guto Lacaz, Laura Vinci, José Spaniol, Marcelo Moscheta, a dupla Rejane Cantoni e Leonardo Crescenti, Alexander Pilis, Maurício Ianês, Tatiana Blass, Lucia Koch, Iran do Espírito Santo, Felipe Cohen, Laura Belém e Sara Ramo.

Domo Vanderlei Lopes

Livre Grátis

Local

A partir de 11/11. 3ª a dom., das 9h às 17h

Publicado por

Secretaria Municipal de Cultura
Mais informações